Comendo com os olhos

Pouca gente sabe, mas venho de uma família de exímios cozinheiros. Meu avô materno comandou seu próprio restaurante por décadas. Meus tios herdaram seus dons, para alegria dos convidados de suas frequentes comemorações. Já eu não passo vergonha, tampouco fome.

Mas o que isso tem a ver com Administração? Muita coisa! Assista um episódio de Kitchen Nightmares e imediatamente você verá o link entre gastronomia e gestão.

Continue lendo “Comendo com os olhos”

Momentos de Poder

Num pequeno teaser de seu vídeo The Power of Persuasion, o psicólogo americano Robert Cialdini, uma das maiores autoridades mundiais em Influência e Persuasão, propõe seis questões sobre o tema, como podemos ver abaixo (em inglês):

Num deles – o número quatro (0:42") – ele faz a seguinte pergunta:

– Se você tem um produto, serviço ou ideia que tem forças e fraquezas – e qual não tem? – quando você deve revelar as fraquezas; no início ou no final da apresentação?

Continue lendo “Momentos de Poder”

Liderando pelo exemplo

Muitas empresas já passaram por penosos processos de cortes de custos. Independentemente do tamanho ou nacionalidade da companhia, invariavelmente há os que ficam com a sensação de que injustiças são cometidas.

Nada pior do que um discurso de austeridade contrastando com instalações nababescas no último andar, onde isola-se o CEO da empresa, com seu privativo banheiro de mármore e escrivaninhas de mogno. Por isso, por mais duras que sejam as medidas e impopulares as ordens, os líderes devem ser os primeiros a mostrar, clara e inequivocamente, que apoiam as decisões – e obedecem-nas.

Continue lendo “Liderando pelo exemplo”

O absurdo paralisante

Dia desses o futebol americano universitário viu o que um quarterback criativo pode fazer. Na saída de bola ele simplesmente pegou a bola e saiu andando em direção ao gol, diante dos olhares atônitos dos adversários – e do seu próprio time – até disparar em direção ao touch down. Veja abaixo a inacreditável cena:

Continue lendo “O absurdo paralisante”