Curso de Negociação

Imagine que você esteja vendendo seu carro e queira R$ 40 mil por ele. Seu colega de trabalho disse que está interessado, mas fez uma contraoferta de R$ 35 mil, à vista. A compra do seu carro novo está praticamente certa mas, para fechá-la, você ainda precisa vender o seu – e, por isso, a oferta do seu colega parece cada vez mais atraente.

Curso de NegociaçãoVocês conversam novamente na hora do almoço, mas ele permanece irredutível: R$ 35 mil. No fim da tarde a concessionária onde seu carro novo está reservado liga avisando que a reserva expira naquele dia, caso o negócio não seja fechado.

Você sente a oportunidade escapando pelos seus dedos e decide conversar novamente com seu colega de trabalho para tentar, ao menos, trazer o valor oferecido mais para perto do pedido. Você bola uma estratégia e, com ela, vai conversar com seu amigo.

Depois de alguns minutos de conversa, ele oferece dividir a diferença entre o que está oferecendo e o que você está pedindo, isto é, R$ 37.500. Feliz da vida você aceita e acha que fez um ótimo negócio.

O que você não sabe é que deixou passar uma ótima oportunidade de aumentar o valor que recebeu- e o que você perdeu daria para pagar um ótimo curso de Negociação. E ainda sobraria dinheiro para encher o tanque.

Não acredita? Então clique aqui e descubra o que você deixou passar!

Liderando pelo exemplo

Muitas empresas já passaram por penosos processos de cortes de custos. Independentemente do tamanho ou nacionalidade da companhia, invariavelmente há os que ficam com a sensação de que injustiças são cometidas.

Nada pior do que um discurso de austeridade contrastando com instalações nababescas no último andar, onde isola-se o CEO da empresa, com seu privativo banheiro de mármore e escrivaninhas de mogno. Por isso, por mais duras que sejam as medidas e impopulares as ordens, os líderes devem ser os primeiros a mostrar, clara e inequivocamente, que apoiam as decisões – e obedecem-nas.

Continue lendo “Liderando pelo exemplo”