« Coincidência e Causalidade | Início | A Guinada - Chip e Dan Heath »

17/01/2012

Está com um problema? Relaxe...

Antes que você pense que estou desmerecendo suas preocupações, adianto que é exatamente o oposto. Por isso estou dando-lhe o melhor conselho que pode haver quando o assunto é resolver problemas: relaxar.

A dica vem de um brilhante jornalista que escreve sobre neurociências: Jonah Lehrer. Numa de suas palestras (veja o vídeo, em Inglês, no final do texto), o autor cita o trabalho de dois psicólogos americanos, Mark Beeman e John Kounios que, através de ressonância magnética funcional, identificaram uma área do cérebro responsável por solucionar problemas intuitivos.

Dentro de um fMRI scan, os voluntários precisavam resolver desafios de lógica. Um teste típico consiste numa lista de três palavras, para as quais você precisa achar uma quarta, que dê algum sentido a elas. Por exemplo: CORREIO, CELULAR e CARRO. Que palavra completa o conjunto?*

Ocorre que tal estrutura, o giro temporal superior, é ativada, também, quando você experimenta uma sensação prazerosa, como rir de uma piada ou ouvir sua música favorita. Em geral, são momentos de relaxamento.

Posteriormente, Beeman e Kounios submeteram seus voluntários a eletroencefalogramas, enquanto eles resolviam tais problemas, para avaliar emissões cerebrais durante o experimento. Ao identificar um padrão de ondas alpha na iminência de uma resposta correta, os pesquisadores podiam prever, com uma antecedência de até oito segundos, quem acertaria o desafio.

Assim como indicou o estudo com ressonância magnética, as emissões de ondas alpha, estão fortemente associadas, também, a momentos de profundo relaxamento - quando você está calmo e feliz, quando está caminhando no parque, quando está tomando um banho demorado.

E por que, então, relaxar é tão importante para resolver problemas? Porque quando estamos relaxados, o foco da nossa atenção volta-se para dentro, para o nosso próprio pensamento. É quando esta obscura área do cérebro faz associações inesperadas, conexões misteriosas e conduz-nos às epifanias que não alcançamos em situações de estresse ou concentração excessiva.

Sem dúvida que está é uma afirmação contraintuitiva, já que a maioria das pessoas entende que, para resolver um problema, é preciso estar concentrado nele, focado nos detalhes. Mas este parece ser mais um caso em que as evidências científicas apontam na direção contrária.

Por que você não testa por sua própria conta? O que você tem a perder...?

 

____________________

* A palavra correta é MULTA...

Comentários

Verifique seu Comentário

Prévia do seu Comentário

Isto é apenas uma prévia. Seu comentário ainda não foi publicado.

Enviando...
Seu comentário não foi publicado. Erro tipo:
Seu comentário foi publicado. Escrever outro comentário

As letras e números que você digitou não conferem com a imagem. Por favor tente novamente.

Antes de publicar seu comentário, digite as letras e números que aparecem na imagem abaixo. Isto serve para prevenir o SPAM.

Having trouble reading this image? Veja uma alternativa.

Enviando...

Escrever um Comentário

Conteúdo Recente

Conheça também

O Líder Acidental

Twitter

YouTube